Tópicos Especiais

 
Tópicos especiais em comunicação IV – Inovação em Jornalismo
PDF icon 2017.1 |
Ementa: O conceito de inovação na nova ecologia de mídia. Curvas de inovação e seus componentes. A inovação em comunicação – desafios para além da tecnologia. Inovação jornalística na era pós-industrial. Inovação, jornalismo e novos modelos de negócio – nas e pós organizações informativas. Inovação e práticas jornalísticas. Participação, audiências e inovação em jornalismo. Inovação e narrativas jornalísticas – conteúdo imersivo, bancos de dados, arquiteturas de interação e de informação. A inovação no jornalismo de rádio – tendências contemporâneas.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Estudos Culturais Latino-Americanos
PDF icon 2017.2 |
Ementa: Contribuição dos Estudos Culturais Britânicos às teorias da comunicação na América Latina. Emergência e fortalecimento dos Estudos Culturais Latino-americanos em sua discussão sobre a relação entre comunicação e cultura. Questões teóricas, metodológicas e empíricas sobre Comunicação, Cultura e Estudos Culturais.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Tecnologia e perspectivas materiais na cultura contemporânea
PDF icon 2017.2 |
Ementa: Tecnologia como construção social.  Aspectos da cultura material: do materialismo histórico à cultura do consumo. Novo Materialismo, Objetos e a Teoria da Comunicação.  Materialidades da Comunicação, corpo e performance. Affordances entre mapas mentais e constrangimentos. Diferentes tipos de affordance: percebidas, tecnológicas e comunicacionais. Humanidades Digitiais: softwares e algoritmos  para a análise de objetos da cultura.  Teoria Ator-Rede e Digital Methods: aproximações e diferenças. Cartografia das controvérsias e Análise de Redes Socias: possíveis cruzamentos e aplicações.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Mulheres, imagens, tempo
PDF icon 2017.2 |
Ementa: Lacunas da mulher na história; história(s) das mulheres. Passado, presente e perspectivas teórico-epistemológicas dos feminismos sobre imagem e audiovisual. Investidas metodológicas das teorias feministas do audiovisual e da imagem. Representações, estereótipos, novos imaginários de mulheres nas telas. Pesquisa, experiência e ativismo nos feminismos.
 
Tópicos especiais em comunicação I – Metodologias Aplicadas à Análise de Jornais
PDF icon 2017.2 |
Ementa: Panorama metodológico: Pesquisa histórica; Análise de Conteúdo; Análise de Discurso; História Oral. Eleição de procedimentos metodológicos de acordo com o objeto, o corpus analítico e os propósitos da investigação.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Comunicação em conflito: contraculturas e temporalidades, do cinema à música popular
PDF icon 2018.1 |
Ementa: Reflexões conceituais sobre a contracultura. Relações com a produção midiática brasileira. Apontamentos estéticos sobre a música popular brasileira e o cinema brasileiro. Observação de objetos tensionados pela articulação entre arte e cultura midiática. A contracultura e a temporalidade em consonância com a produção artística e cultural contemporânea.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Memória oral na história e na comunicação
PDF icon 2018.1 |
Ementa: Oralidade e memória. História oral: técnica, metodologia, disciplina. Perspectivas de abordagem dos relatos orais. Desafios éticos na relação entrevistador-entrevistado. Par dialógico pergunta-resposta e textualização. Diálogos interdisciplinares. Interfaces entre história oral e comunicação.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Fotografia e memórias das ditaduras
PDF icon 2018.1 |
Ementa: Memória e processos de (re)construção do passado. Fotografia como suporte da memória, do mundo dos arquivos às apropriações e restituições. Múltiplas temporalidades da memória e da fotografia. Estudo de caso de trabalhos fotográficos como figuras de memórias das ditaduras civil-militares na Argentina, Brasil e Chile.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Inovação em rádio: tecnologia, narrativa e experimentação
PDF icon 2018.1 |
Ementa: O rádio na nova ecologia de mídia: plataformas, ferramentas e narrativas. Relação com a audiência em rádio expandido: interações e reconfiguração do público. Mídias sociais, wearables e os novos espaços do rádio. Estratégias narrativas em rádio expandido. Gamificação do rádio: jornalismo, entretenimento e utilidade pública. Estratégias imersivas em áudio: do dial às mídias digitais. A potencialização da mobilidade no rádio em plataformas digitais. Rádio crossmídia x rádio transmídia: mutações na narrativa sonora. Datificação do jornalismo radiofônico. Internet das coisas e a potencialização da ubiquidade e da localização no conteúdo de rádio.
 
Tópicos especiais em comunicação I – Interações nas redes sociais digitais à luz da filosofia e semiótica de C. S. Peirce
PDF icon 2018.2 |
Ementa: A disciplina propõe uma abordagem filosófica-semiótica, de acordo com C. S. Peirce, para problemas atuais dados pelos modos de interação nas redes sociais digitais como, por exemplo, boataria digital (fake news) e bolhas on-line. Alguns conceitos desenvolvidos por Peirce apesar de deslocados temporalmente, podem nos ajudar a refletir sobre os modos como desenvolvemos e utilizamos as redes sociais digitais, sendo usuários e produtores de conteúdo, indivíduos e empresas de comunicação. A ideia de mente, expandida para além da mente humana, e os seus modos de raciocínio são conceitos explorados por Peirce que relacionam os modos de agir com os modos de pensar e fixar crenças. Os modos como agimos nas redes podem acabar produzindo hábitos mentais próprios para a resolução de problemas vitais, mas pouco apropriados para produzir conhecimento ou prezar pela qualidade da informação. No texto “A fixação das crenças”, Peirce apresenta quatro métodos de fixação das crenças, dos quais apenas o método científico apresenta uma preocupação com a questão da verdade. Os quatro métodos apresentados nesse texto serão amplamente discutidos no contexto da filosofia de Peirce e pensados no contexto social atual que vivemos. 
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Modelos de negócio do rádio – processos disruptivos e formatos contemporâneos
PDF icon 2018.2 |
Ementa: Processos disruptivos na Comunicação. Branded content no rádio. Modelos de negócio da mídia. Modelos de negócio tradicionais do rádio. Novos modelos de negócio do rádio: crowdfunding, assinatura, franquia, diversificação de produtos, modelos híbridos e rádio corporativa. Elaboração de artigo.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Direito à Comunicação, políticas públicas e democracia
PDF icon 2018.2 |
Ementa: O direito à comunicação:  conceito e   prerrogativas na perspectiva de suas temporalidades. Sistemas comunicativos e processos de formação de opiniões.  Políticas públicas de comunicação em ambientes democráticos.  Panorama do marco regulatório em países latino-americanos.
 
Tópicos Especiais em Comunicação IV – Cultura e identidade na comunicação
PDF icon 2019.1 |
Ementa: O conceito de cultura. Culturas e identidades. Memória, identidade e esquecimento. Identidade, nação/região e mediações culturais. Identidades de gênero nos estudos da comunicação. Identidades, etnicidades e representação. Novos pertencimentos identitários e as redes digitais.
 
Tópicos Especiais em Comunicação IV – Afetos e gêneros no audiovisual
PDF icon 2019.1 |
Ementa: Amor e violência em narrativas audiovisuais, dos primórdios do cinema às produções seriadas contemporâneas, em articulação com a tradição literária. Posições ocupadas por sujeitos femininos em narrativas amorosas e a violência masculina. Encantamento, happy ending, melancolia e loucura em imagens que se movem. Pulsão de vida e pulsão de morte. A negação da felicidade a sujeitos desviantes. Corpos violados, corpos traumatizados e o amor romântico audiovisual.
 
Tópicos especiais em comunicação IV – Produção de texto científico em Comunicação
PDF icon 2019.1 |
Ementa: O campo da comunicação no Brasil: organização, pesquisa e pós-graduação, fomento e inovação. Gêneros científicos para divulgação de resultado: resumo, resumo expandido, resenha, relato, parecer, artigo. Processo de financiamento: projetos para financiamento e fellowships. Relatórios. Divulgação científica: textos, redes sociais, entrevistas e conteúdo multimídia.